Mulher é atropelada por caminhonete e arrastada em Galinhos

  
 Uma mulher de 49 anos foi atropelada e arrastada por uma caminhonete ao tomar sol na areia da praia de Galinhos, no litoral norte potiguar. O caso aconteceu na manhã deste domingo (20). De acordo com a família da vítima, o motorista não percebeu o atropelamento e só parou o carro ao ser alertado pelos banhistas, metros depois.

A diarista Rose Damiana Gomes da Silva foi socorrida para Natal com fêmur e clavícula quebrados, além de vários hematomas e um corte profundo na cabeça. Ela está em um dos corredores do Hospital Walfredo Gurgel, ainda na maca da ambulância que a transportou de Galinhos para Natal.

Segundo o cunhado de Rose, Francinaldo Nascimento da Silva, de 52 anos, ela tem o costume de ir ao município nos finais de semana com familiares e amigos. A família é de Macau, município da mesma região, mas mora há anos na Zona Norte de Natal.
 
  Neste final de semana, o encontro tinha sido com amigos. “Ela foi para uma festa no sábado e ficou até o domingo, para aproveitar a praia”, conta ele.

A mulher tomava banho de sol deitada na areia, por volta das 10h, quando “uma caminhonete surgiu do nada”, segundo o cunhado, e passou por cima dela. O motorista parou o carro metros depois, ao ser alertado do atropelamento. Ele teria ficado sem reação.

Os próprios banhistas e outras pessoas que estavam na praia tiraram a mulher que estava debaixo do carro. “Várias pessoas se juntaram e levantaram o carro para ajudar”, conta Francinaldo. Eles também levaram a mulher até um posto de saúde, de onde saiu com destino a Natal.

De acordo com familiares, a esposa do motorista entrou em contato com a família com a promessa de providenciar ajuda, mas até agora nada teria sido resolvido.

Guamaré é conhecido por ser uma península com praias paradisíacas, mangues, rio, recifes, dunas, salinas, localizada a 166 quilômetros da capital potiguar. Entre outros atrativos, existem passeios de barco e prática de esportes.
G 1 (RN)

Presos ligados a Robinson Faria podem ser soltos esta semana

Magaly Cristina e Adelson Freitas: presos (Foto: arquivo) Os servidores públicos Magaly Cristina Silva e Adelson Freitas dos Reis seguem presos em Natal. Mas podem ser libertos esta semana.

Eles tiveram prisão temporária decretada à semana passada na “Operação Anteros”, pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Raul Araújo Filho.
A expectativa era de que no final de semana ganhassem liberdade, em face de se concluir prazo de cinco dias desse despacho judicial.
Contudo, o mesmo ministro ampliou essa decisão. São mais cinco dias de encarceramento.
Magaly e Adelson teriam sido flagrados em monitoramento da Polícia Federal, participando de operação para tentativa de compra do silêncio da ex-procuradora geral da Assembleia Legislativa do RN Rita das Mercês Reinaldo e um filho dela.
Rita das Mercês, a “Ritinha”, está envolvida na “Operação Dama de Espadas”, que veio à tona em 2015, apurando desvio de mais de R$ 9 milhões (números atualizados) do legislativo potiguar.
Magaly é lotada até hoje na Assembleia Legislativa e Adelson no Gabinete Civil do Governo do Estado, despachando diretamente com o governador.
Os dois têm ligação direta com o governador Robinson Faria (PSD), que aprece no epicentro das investigações da Operação Anteros. Segundo relato de Ritinha, ele chegou a empalmar cerca de R$ 100 mil/mês quando era presidente da AL.

Carlos Santos

Pedido de impeachment de Gilmar chega a quase 1 milhão de assinaturas

Criticado por decisões judiciais e declarações públicas, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), vê crescer na internet a pressão popular por sua destituição da corte. Um abaixo-assinado virtual criado na última sexta-feira (18) que pede o impeachment do ministro se encaminha para atingir a meta de 1 milhão de assinaturas. Até as 8h45 desta segunda-feira (21), 725 mil pessoas haviam aderido ao manifesto que será entregue ao senador Alvaro Dias (Podemos-PR). Cabe ao Senado dar andamento ou não a pedidos de impeachment de ministros do Supremo. “O Brasil não pode mais conviver com uma situação dessas, em que um ministro da suprema corte age não como operador da justiça, mas como distribuidor de privilégios”, diz trecho da justificativa.

A petição lista decisões tomadas por Gilmar como a soltura de figuras conhecidas como o ex-ministro José Dirceu, o empresário Eike Batista, o médico Roger Abdelmassih e o banqueiro Daniel Dantas. Os dois primeiros, alvos da Operação Lava Jato, estão em regime domiciliar por decisão do ministro. Também é lembrada a participação de Gilmar na presidência do julgamento que livrou o presidente Michel Temer da perda do mandato no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No RN, Polícia Federal já algemou Henrique Alves, "visitou" Robinson Faria e agora está implicando José Agripino. Quem será o próximo

Por: Clodoeudes Fernandes
Leio em quase todos os jornais, sites e blogs do país que a Polícia Federal resolveu indiciar o senador José Agripino Maia (DEM) em um inquérito que apura se o parlamentar recebeu propina da Construtora OAS.

De acordo com relatório da PF, o senador José Agripino teria recebido R$ 2 milhões da OAS como propina por ter feito articulações junto ao BNDES para a liberação de recursos da construção da Arena das Dunas.

"Diante dos suficientes indícios de materialidade e autoria, foram então imputadas as condutas de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro ao Senador José Agripino Maia; lavagem de dinheiro a Raimundo Alves Maia Júnior; Corrupção ativa a José Aldemário Pinheiro Filho; além de crime de prevaricação a Carlos Thompson Costa Fernandes – Conselheiro do TCE/RN à época dos fatos", informou a Polícia Federal.

Vale salientar que José Agripino apresentou uma versão contrária às acusações da Polícia Federal, inclusive, arrazoando que ele não gozava de prestígio junto ao Governo Federal, na época administrado pelo PT, para engendrar tamanha 'negociação' de bastidores.

Isto posto, resta-nos aguardar pelo desenrolar do aprofundamento das investigações. Todavia, frise-se que, a partir do registro lamentável do suposto envolvimento de mais um político potiguar em irregularidades com recursos públicos, definitivamente, o RN virou destaque negativo na imprensa nacional com o enodoamento de quase toda classe política local.

Ademais, depois que a Polícia Federal algemou o ex-ministro Henrique Alves (PMDB), cumpriu mandados de busca e apreensão em imóveis do governador Robinson Faria (PSD) e, agora, passou a implicar o Senador José Agripino, fica no ar uma sensação estranha que, inevitavelmente, gera um questionamento mútuo: quem será o próximo?

Salve-se quem puder! Mas, quem for honesto, nem precisa se preocupar.

O sábio Rei Salomão foi preciso quando escreveu em Eclesiastes: "O sono do trabalhador é ameno, quer coma pouco quer coma muito, mas a fartura de um homem rico não lhe dá tranquilidade para dormir."

POLICIA MILITAR POR INTERMÉDIO DA VTR DO BH CAPTURA FORAGIDO DE ALCAÇUZ EM MOSSORÓ/RN.

Na manhã de terça feira, 22 de agosto de 207, policiais militares da VTR do BH, composta pelo Cabo Ocimar e o Soldado Santos Neto, captura na Rua Cunha da Moto no Bairro Pereiros na Cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte, MANOEL TEIXEIRA FILHO, conhecido como MANINHO, que se encontrava foragido da Penitenciaria de Alcaçuz em Nísia Floresta.

Não houve reação por parte do foragido ao receber voz de prisão dos militares da VTR do BH, que foi conduzido à 1ª Delegacia de Policia Civil no Bairro Nova Betânia, onde foram realizados os procedimentos e encaminhado ao complexo penal da cidade, no aguado de ser recambiado para Alcaçuz.

Fonte:Nas Garras da Policia

Suspeito de mais de 15 homicídios morre em troca de tiros com a polícia na Grande Natal

 
Um foragido da Justiça morreu depois de trocar tiros com a polícia nesta segunda-feira (21) na cidade de Extremoz, na Grande Natal.
Segundo a Polícia Civil, Gilson Coelho de Medeiros Filho, conhecido por Gilson Cabeção, de 32 anos, estava sendo investigado por mais de 15 homicídios ocorridos no estado da Paraíba. O homem ainda era apontado pela polícia como suspeito de comercializar entorpecentes em vários estados do país, entre eles o Acre, Paraíba, Pernambuco, e o Rio Grande do Norte.
Ainda segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, Gilson foi encontrado em casa. O imóvel foi localizado a partir de uma apuração conjunta entre a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), em parceria com o Departamento de Repressão a Entorpecentes da Paraíba (DRE/PCPB).
A Polícia Civil informou que, no momento em que os policiais chegaram ao local, Gilson Cabeção atirou conta eles. A polícia reagiu e acertou o foragido, que morreu.
Na residência, a polícia apreendeu uma pequena porção de maconha, celulares, notebook, balança de precisão, um veículo de modelo Fox, e uma pistola de calibre 380 com seis munições intactas.
A assessoria da Polícia Civil informou que investigações indicam que Gilson era integrante de uma organização criminosa, e que ele realizava negociações de armas de fogo na cidade de João Pessoa, e no estado do Rio Grande do Norte.

Fonte: G1

Presidente do Senado, Eunício Oliveira afirma que eleitor precisa ser ouvido sobre reforma política

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou nesta segunda-feira (21) que a reforma política em tramitação no Parlamento deve escutar a vontade do eleitor.

Nesse sentido, segundo Eunício, a reforma não pode ser “para uma única eleição” e deve permitir o fortalecimento dos partidos e da governabilidade.

— Tenho procurado participar [da discussão], porque se no final for uma PEC [Proposta de Emenda à Constituição] em alguns casos quem promulga é o presidente do Congresso. Então tenho que pegar o pulso da Casa, mas buscar também o sentimento da sociedade em relação ao que significa uma reforma política — afirmou.

Mulher sai para ver tiroteio na rua e morre atingida por bala no Cariri, na Paraíba

Uma mulher morreu ao ser atingida por um disparo de arma de fogo na boca, na tarde desta segunda-feira (22), na cidade de Monteiro, o Cariri Paraibano.
De acordo com o Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP) o esposo de Naira Noberto Gouveia da Silva, 25 anos, contou que o casal estava bebendo na casa de um ex-presidiário que é envolvido com o tráfico de drogas quando ouviram vários tiros na rua.

Fonte: Robson Pires

HOSPITAL WALFREDO GURGEL PODERÁ VIRAR CENTRO DE REFERÊNCIA

 
  O deputado federal Beto Rosado (PP) entrou na luta junto com o secretário estadual de Saúde, George Antunes, para transformar o Hospital Walfredo Gurgel em Centro de Referência para traumatologia, queimaduras e assistência em terapia nutricional (interal e parenteral).
Em reunião com o secretário, nesta segunda-feira (21), o parlamentar garantiu que atuará em Brasília na busca pela parceria com o Governo Federal para possibilitar essa realização.
O deputado também se reuniu com a diretora do HWG, Dra Maria de Fátima, para debater as demandas da unidade de saúde. Ele já destinou emenda de R$ 900 mil para o custeio do Hospital e atuará por mais melhorias.
“O Hospital Walfredo Gurgel é a principal unidade de Saúde do Rio Grande do Norte. Junto com o secretário e a diretora, vamos buscar parcerias para que ele se torne esse grande centro de referência”, frisou o parlamentar.

IDOSA DE 80 ANOS É ENCONTRADA EM CÁRCERE PRIVADO NO RN; ‘DESUMANO’, DIZ DELEGADA



Uma idosa de 80 anos foi resgatada na manhã desta terça-feira (22) da casa do sobrinho dela, no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal, de onde era impedida de sair. Segundo a delegada Ana Paula Diniz, da Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso, o sobrinho foi preso em flagrante por maus-tratos e cárcere privado.

A vítima foi encontrada em estado de abandono e subnutrida. “A idosa era mantida dentro de casa em condições desumanas. Ela não via a luz do dia”, lamentou a delegada.

Segundo a polícia, o caso foi denunciado na segunda-feira (21). Vizinhos disseram que a idosa era impedida de sair de casa e que ninguém entrava também. A equipe da delegacia foi até o local e encontrou o suspeito no local. “Ele chegou a afirmar na minha frente e dos policiais que maltratava ela”, disse a delegada.

O sobrinho foi preso em flagrante e conduzido à delegacia. Já a idosa, ficará aos cuidados de uma irmã, que foi localizada pela polícia. 
Fonte:Blog do Erivan Justino

Racha no PSDB gera novo partido

O racha no PSDB já gerou um novo partido.
Uma reportagem da Folha de S. Paulo mostra que a ala jovem do tucanato e o Movimento Brasil Livre resolveram se fundir.

Eles planejam migrar para o PSL, que deve ser rebatizado como Livres.

ITEP LANÇA NOVO SISTEMA INFORMATIZADO PARA GESTÃO DE PERÍCIAS

 
  O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) lançou nesta segunda-feira (21), o Sistema para Gestão de Perícias (SIGEP), desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação da Secretária de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed).
A princípio, o programa irá registrar a entrada e saída de cadáveres, facilitar o trabalho dos atendentes e contribuir para uma maior agilidade no acesso à informação e estatísticas de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI).
Com a chegada deste sistema, o instituto também está dando inicio a implantação do Número de Identificação Cadavérica (NIC), que será único para cada corpo – o que vai evitar a possibilidade de troca de cadáveres.
Segundo o coronel Emiliano, coordenador de Tecnologia da Informação da Sesed, em uma segunda fase de implantação, o sistema vai contribuir para dar mais celeridade na elaboração dos laudos cadavéricos. “Com a informatização, cada setor vai preencher informações para confecção do laudo, que irá sair após o parecer e despacho do médico legista”, destaca.
Em uma terceira fase, o sistema vai contar com a integração de todo o ITEP, com um laudo único sendo confeccionado com informações dos institutos de Medicina Legal, Criminalística e Identificação. “Essa integração vai ser fundamental, pois o laudo único contemplando todas as informações periciais necessárias também vai contribuir para uma maior agilidade dos processos penais”, comenta o diretor-geral do ITEP, Marcos Brandão

Ministério diz que vai propor ao governo a privatização da Eletrobras

O Ministério de Minas e Energia informou nesta segunda-feira (21) que vai propor ao governo federal a privatização da Eletrobras.
Em comunicado enviado à imprensa, o ministério diz que comunicou a Eletrobras nesta terça que proporá ao conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) a “redução da participação da União” no capital da estatal.
Hoje a União tem 51% das ações ordinárias (com direito a voto) e fatia de 40,99% no capital total da Eletrobras;
Além disso, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e seu braço de investimentos, o BNDESPar, têm, juntos, 18,72% do capital total da empresa;
O PPI é colegiado que trata de privatizações e concessões dentro do governo Michel Temer.
Ao jornalista da GloboNews Valdo Cruz, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse que a proposta é que a participação da União na Eletrobras caia para 47% e que a expectativa é de arrecadar cerca de R$ 20 bilhões com a operação.
Segundo o ministro, será feito um aumento de capital da estatal na qual o governo não irá participar e, consequentemente, terá a participação reduzida.
Também no comunicado, o ministério aponta que, por conta da crise econômica e da situação das contas públicas, não há hoje “espaço para elevação de tarifas nem para aumento de encargos setoriais”, e que “não é mais possível transferir os problemas para a população.”
“A saída está em buscar recursos no mercado de capitais atraindo novos investidores e novos sócios. O governo permanecerá como acionista, recebendo dividendos ao longo do tempo. A empresa passará a dar lucro e não prejuízo, o que beneficiará estados e municípios com o aumento na arrecadação de impostos”, diz o comunicado.
O texto diz ainda que “a União manterá poder de veto na administração da” Eletrbrás “garantindo que decisões estratégicas no setor sejam preservadas, tais como os encargos setoriais da CDE e o financiamento de projetos de revitalização do Rio São Francisco.
 
G1

Polícia Civil de Pipa prende homem por tentativa de homicídio

Uma equipe de policiais civis da delegacia de Pipa prendeu, nesta segunda-feira (21), Gabriel Cerqueira Aguirre em cumprimento a um mandado de prisão, pelo crime de tentativa de homicídio. O crime ocorreu no dia 14 de abril deste ano no centro de Pipa, localizada no município de Tibau do Sul. A vítima, o norueguês Bjarte Haave, recebeu diversos golpes de faca.

O crime teria sido motivado após Gabriel Cerqueira se envolver em uma briga. Ele desferiu os golpes de faca na vítima tendo atingido o seu pescoço, na altura da veia jugular. Bjarte Haave por pouco não foi a óbito no local. Gabriel Cerqueira foi preso e encaminhado ao sistema prisional onde aguarda a decisão da Justiça.

FOCOELHO

Tribunal derruba quarta liminar contra aumento dos combustíveis

O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, desembargador federal Hilton Queiroz, derrubou a quarta liminar que suspendia os efeitos do decreto presidencial que eleva o PIS/Cofins sobre os combustíveis. Na última sexta-feira (18/8), a juíza Adverci Rates Mendes de Abreu, da 20ª Vara Federal de Brasília, havia barrado o aumento dos combustíveis. A decisão da Corte, proferida nesta segunda-feira, acolhe pedido da Advocacia-Geral da União.

DEM terá candidato à Presidência em 2018, diz Maia

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou nesta segunda-feira (21), que seu partido terá candidato próprio nas eleições de 2018. Em entrevista durante o Fórum Estadão, o parlamentar disse que as divergências dentro do PSDB abrem espaço para que o DEM trilhe caminho próprio.
Maia negou que o DEM tenha convidado o prefeito de São Paulo, João Doria, para ingressar no partido e ser candidato pela sigla ao palácio do Planalto em 2018.

Erro em homenagem a Lula na Bahia causa alvoroço na internet

 
Um homenagem feita pela UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia) gerou alvoroço e brincadeira nas redes sociais nesta segunda-feira (21). Lula recebeu um diploma de doutor honoris, que continha erros de português. A imagem foi divulgada pelo amigo de Lula, o sociólogo Emir Sader, nas redes sociais.

O primeiro erro é a separação do sujeito, verbo e predicado: “A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, concede ao maior presidente da República Federativa do Brasil, senhor Luiz Inácio Lula da Silva, o torneiro mecânico, o título de doutor honoris causa”.

O segundo aparece com erro na palavra “discente”: Assinam o documento os “dicentes da UFRB”. Neste caso, há duas explicações possíveis: a primeira é que a palavra se refira aos estudantes (discentes). A segunda, menos provável, é que a menção seja aos professores (docentes).

Em nota, a universidade nega ter emitido o diploma, já que não consta a assinatura do reitor.

ISTOÉ/ Blog do BG

153º Homicídio em Mossoró 2017: Agricultor é morto a tiros em estrada carroçável no assentamento Cristal

Te
O agricultor Erivanaldo Franck Costa da Silva de 27 anos de idade foi alvejado é morto no final da tarde desta segunda feira 21 de agosto de 2017 em uma estrada carroçável de acesso ao assentamento Cristal na zona rural de Mossoró no Oeste Potiguar.

De acordo com o que apurou a Polícia Militar que foi ao local, a vítima trafegava em uma moto quando foi surpreendida por dois homens que também estavam de moto é que atiraram contra a mesma.

Erivanaldo foi atingido por vários tiros e morreu no local. Uma equipe de socorristas do SAMU ainda foi acionada para socorrê-lo mas já encontrou o mesmo sem vida

Policiais do Grupo Tático Operacional (GTO) do 12° BPM isolaram o local do crime até a chegada da equipe do ITEP que realizou a perícia e depois removeu o corpo para sua base onde será necropsiado.

Até o momento não há informações sobre a motivação e os autores do crime. A Divisão de Homicídios vai investigar o caso.

Erivanaldo Franck Costa da Silva foi a 153° vítima da Conduta Violenta Letal Intencional em Mossoró neste ano de 2017.

Fonte: Fim da Linha

TÉCNICA EXTINGUE LEMBRANÇAS QUE CAUSAM FOBIAS E ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO

 
O cérebro evoluiu para a sobrevivência em ambientes hostis. Quanto mais cedo um perigo for detectado e mais rápida for a reação do organismo, maiores as chances de escapar ileso. Por isso, é muito comum que animais, incluindo os humanos, associem certos estímulos sensoriais com uma reação imediata de medo. Se um rato ouve um galho quebrando, olha para trás e vê uma cobra, por exemplo, esse medo voltará todas as vezes em que ele ouvir o mesmo barulho.
Mas há uma grande falha nesse mecanismo. Ele pode associar o medo a um estímulo que não se relaciona diretamente a um perigo, como acontece nas fobias e no estresse pós-traumático. Por um lado, é importante que um soldado reaja rapidamente ao som de um tiro. Por outro, seria desgastante para ele sentir ansiedade cada vez que visse uma arma. Uma pesquisa recente mostrou ser possível apagar essas memórias que causam medo. Pelo menos em ratos.
Cientistas da Universidade da Califórnia, Riverside, nos Estados Unidos, utilizaram a técnica que combina emissão de luz e genética, a optogenética, para enfraquecer as conexões entre os neurônios responsáveis por transmitir estímulos sensoriais para a amígdala cerebral, responsável pelas emoções e pela memória. Ratos que aprenderam a associar um som com um choque elétrico, paralisando de medo a cada vez que ouviam o barulho, pararam de ter essa reação emocional após o procedimento.
Além disso, memórias de outros estímulos não foram afetadas, mostrando que é possível selecionar quais serão apagadas. “Nesse estudo, primeiro, marcamos uma população de neurônios que respondiam a um som associado a um estímulo negativo, como um choque. Como esses neurônios marcados reagem à luz, conseguimos enfraquecer a conexão entre eles e a amígdala”, resume Jun-Hyeong Cho, um dos pesquisadores envolvidos. O estudo, divulgado nesta semana na revista Neuron, ajuda a desvendar os mecanismos de formação de memórias no cérebro e pode abrir caminho para o uso da técnica em tratamentos com humanos.

Em acordo de delação, Funaro entrega contas de Cunha e Alves

O blog O Antagonista apurou que Lúcio Funaro, no acordo de colaboração premiada, entregou as contas usadas por Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves para esconder propina do PMDB no exterior.

Funaro detalhou todo o caminho do dinheiro.
O doleiro explicou como funcionava a corrupção no grupo liderado por Michel Temer.
Confirmada a informação do Antagonista, a situação de Henrique Alves que está preso ficará mais complicada.

Desembargadora rejeita pedido de Adão Eridan para ocupar vaga de Ricardo Motta

 
  A desembargadora Zeneide Bezerra rejeitou, liminarmente, pedido do suplente de deputado estadual Adão Eridan para ser empossado em mandato parlamentar na Assembleia Legislativa.
A decisão ocorreu nesta segunda-feira (21).
Adão requeria sua posse para ocupar vaga no parlamento estadual durante o afastamento do deputado estadual Ricardo Motta.
A magistrada refutou as alegações do autor do mandado de segurança. “Da forma como pretende o impetrante, em sede de liminar, os efeitos do possível deferimento cautelar confunde-se com o mérito da causa, tendo, verdadeiro cunho “satisfativo”, o que é vedada pela jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e desta Corte”.

Cármen Lúcia vai enfrentar Gilmar?

 
  Nem crise penitenciária, nem escândalo dos super salários, nem operação Lava Jato. O maior desafio da ministra Cármen Lúcia hoje à frente do Poder Judiciário se chama Gilmar Mendes. Primeiro por se tratar de um colega, segundo pelo grau de influência e poder que o ministro tem hoje em Brasília.
Muitos se perguntam se Gilmar é intocável. Suas decisões são constantemente criticadas por juristas, suas declarações públicas frequentemente esbarram em artigos da Lei Orgânica da Magistratura e sua conduta, não raramente, é alvo de questionamentos, seja por encontros com políticos fora da agenda, seja por relações pouco-recomendadas com parlamentares sob investigação.
O quadro é grave e já de algum tempo alguns movimentos sociais, associações de classe (Ajufe e ANPR) e partidos vêm cobrando uma postura do Supremo Tribunal Federal ao que eles consideram atitudes perigosas e seguidas que desmoralizam a Corte. A primeira provocação oficial veio do Procurador-Geral, Rodrigo Janot, que pediu ao STF o impedimento de Gilmar nos casos envolvendo Eike Batista. Mas Cármen Lúcia está com o pedido na gaveta desde 26 de maio sem decisão.

PF conclui inquérito sobre José Agripino e vê indícios de corrupção e lavagem

 
* G1 - A Polícia Federal (PF) informou nesta segunda-feira (21) ter concluído o inquérito sobre o senador José Agripino Maia (DEM-RN) e encontrado indícios dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A PF investiga supostas irregularidades na liberação de recursos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a construção do estádio de futebol Arena das Dunas, em Natal (RN).

Matéria Completa AQUI

Câmara pode votar hoje mudanças no sistema eleitoral

 
 O debate em torno da reforma política será retomado hoje (22) na Câmara dos Deputados, tanto no plenário quanto nas comissões. A sessão do plenário desta terça-feira tem como pauta única a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que trata da adoção de um novo sistema político-eleitoral para a escolha de deputados estaduais, distritais e federais e da criação de um fundo público para financiar as próximas campanhas eleitorais.

Se aprovada como está, a PEC 77 pode instituir no país o modo majoritário de votação para os cargos de deputados nas eleições de 2018 e 2020, como uma transição para o modelo distrital misto a partir de 2022.

O chamado “distritão”, como ficou conhecido, permite que os candidatos mais votados ganhem as eleições. Por esse sistema, cada estado vira um distrito, no qual as vagas disponíveis nas câmaras e assembleias legislativas são preenchidas pelos candidatos mais votados, sem considerar a proporcionalidade do total de votos recebidos pelos partidos e coligações, assim como ocorre com a escolha de prefeitos, governadores e presidente da República.

Pelo distrital misto, o eleitor vota duas vezes: uma no candidato do distrito e outra em uma lista preordenada pelo partido. O resultado sai do cálculo entre os resultados da votação majoritária no distrito e na escolha proporcional no partido.

Os líderes partidários passaram os últimos dias em reuniões com o relator para tentar fechar um acordo em torno de uma forma que seja mais viável como transição. Várias propostas têm sido levantadas, inclusive a de um modelo que foi apelidado de “distritão misto”, que seria uma combinação de voto majoritário no candidato e voto em legenda, ou seja, os eleitores poderiam votar em candidatos ou no partido nas eleições para deputado estadual e federal.

A sessão está marcada para começar às 13h, mas a votação deve ter início somente no fim do dia. Além do texto-base, os deputados também devem analisar 14 destaques ou sugestões de mudança que já foram apresentadas pelas bancadas.

Alguns dos destaques pretendem retirar da proposta a adoção do sistema “distritão” para as eleições de 2018 e 2020, votar em separado a sugestão do voto distrital misto e da criação do Fundo Especial para Financiamento da Democracia.

Outros pretendem destacar a possibilidade de o candidato figurar tanto na lista do partido, quanto na lista do distrito, o que permite que ele concorra a dois cargos diferentes. Há também um destaque que pretende manter o financiamento público, mas sem o percentual de 0,5% da receita líquida do Orçamento para compor o fundo, o que corresponderia hoje a R$ 3,6 bilhões.

Conforme adiantaram líderes partidários e o próprio relator, o valor do fundo pode ser reduzido no plenário a R$ 2 bilhões ou ser totalmente retirado do texto para definição futura pela Comissão Mista de Orçamento do Congresso.

A PEC 77/03 prevê ainda que os cargos de ministro do Poder Judiciário não sejam vitalícios, instituindo o mandato de dez anos para os juízes das cortes.

CONTINUE LENDO CLICANDO AQUI!

Homem é morto a tiros em via pública na cidade de Alto do Rodrigues, no RN

Um crime de homicídio foi registrado na noite desta segunda-feira(21) na cidade de Alto do Rodrigues, na região salineira do Estado. O crime ocorreu por volta das 21h, quando um homem identificado como José Luiz da Cunha Soares, foi alvejado com vários tiros na Avenida Ângelo Varela.

Segundo informações, Luiz teria sido preso na quinta-feira da semana passada em Alto do Rodrigues pela polícia da cidade de Pendências. A polícia ainda não sabe a motivação do crime, nem o autor ou autores do delito.

* Assis Silva

Horário eleitoral de 2018 custará R$ 1 bi aos contribuintes

O horário eleitoral só é gratuito para os políticos. No ano que vem, a propaganda obrigatória em rádio e TV custará R$ 1 bi em renúncias fiscais às emissoras, obrigadas a transmitir os programas. Caberá à população pagar essa conta. O levantamento feito pela associação Contas Abertas calcula que desde 2002 os contribuintes já pagaram R$ 7,4 bi para garantir aos candidatos a exposição na TV e no rádio.

A renúncia fiscal corresponde a 80% do que as emissoras receberiam pela venda do espaço; elas arcam com o restante. “É como se cada brasileiro pagasse, indiretamente, R$ 5,22 para receber informações sobre candidatos e partidos políticos no rádio e na TV” explica a associação Contas Abertas. E o conteúdo veiculado ainda peca pela falta de honestidade. Apesar de todo esse custo, os especialistas acreditam as eleições de 2018 vão confirmar o protagonismo das redes sociais na divulgação dos candidatos.
A reforma política em tramitação no Congresso é uma oportunidade de mudar o formato da campanha e diminuir o custo dela. Mas os atuais mandatários não parecem interessados em alterar o modelo da propaganda nem a forma de fazê-la. Ao R$ 1 bi das isenções, podem se juntar a cada dois anos mais R$ 3,8 bi do fundo para financiar as campanhas, de acordo com a proposta apresentada no Congresso. Os partidos ainda levam a cada ano cerca de R$ 800 milhões do fundo partidário. Os parlamentares têm pouco mais de um mês para aprovar a reforma política.

Por Miriam Leitão

NO RN: MST fecha as BRs 406 e 101 norte para protestar

 
O MST RN tranca nesse momento as BRs 406 na altura de São Gonçalo do Amarante e a BR 101 na altura da entrada da praia de Múriu. O objetivo é denunciar os despejos violentos no campo é o desrespeito com as famílias acampadas no estado, também cobrar do governador do estado do Rio Grande do Norte promessas com o movimento.

Segundo eles, na última quinta feira a polícia militar a mando do DER fez uma reintegração de posse ilegal sem dá direito ao menos das famílias retirarem suas coisas dos barracos.
Exigimos que o governador respeito seus compromissos, exigimos que o governo federal através do INCRA faça as vistorias e desapropriação das áreas para reforma agrária no estado. Vamos seguir em luta até que nossos objetivos sejam de fato atendidos, diz o movimento.

* BG

Flávio Rocha se lança vice de João Doria a presidente

 
Por Radar Online / VEJA
Em seu Instagram pessoal, o empresário Flavio Rocha, acionista da Riachuelo, postou um texto em que lançava a candidatura de João Doria a presidente e a sua como vice do prefeito paulistano.

O encontro entre os dois aconteceu numa solenidade em Natal, quando ambos foram agraciados com homenagens.

Embora seja o tucano mais bem colocado nas pesquisas, Doria ainda enfrenta resistência no partido. Hoje, o candidato do PSDB à presidência seria Geraldo Alckmin.

Cerca de 50 minutos depois de publicar em sua conta a mensagem, Rocha a retirou do ar.

Fátima Bezerra lidera todas as pesquisas para o governo

As quatro pesquisas que o Blog do BG teve acesso de maio deste ano até o momento realizada no estado por diferentes institutos de pesquisa colocam a Senadora Fátima Bezerra na liderança para ao cargo de governador nas eleições de 2018 no estado.

A própria pesquisa publicada pelo BlogdoBG em maio deste ano realizada pelo instituto SETA já colocava Fátima em 1º com 20% das intenções. A última que o mesmo teve acesso realizada no final de julho a senadora aparecia com 24% das intenções.

Em todas esses levantamentos quem também aparece em segundo é o atual governador Robinson Faria, obtendo entre 11% a 15%.

Mesmo sem confirmar que é candidata ao governo do estado em 2018, a Senadora Fátima vai indiretamente implantando um agenda nesse sentido e entre seus apoiadores e simpatizantes, a candidatura já é dada como certa.

Vale lembrar que Fátima ainda teria após 2018, mais quatro anos de mandato no senado, portanto, não teria prejuízo político nenhum em caso de derrota já que ajudaria o partido nas proporcionais e ficaria com um bom feedback para as eleições de 2022.

Blog do BG

SEGUIDORES