Após ‘união’ de facções, Governo diz que segurança é suficiente para controlar Alcaçuz

Após uma ação da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc) deixou a manhã desta segunda-feira (20) bastante intensa na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, localizada em Nísia Floresta.

O Governo do Rio Grande do Norte emitiu nota oficial para explicar a transferência de detentos do Sindicato do Crime que saíram dos pavilhões 1, 2 e 3 e foram alojados no pavilhão 5, o mesmo onde estão os presos que pertencem ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

Segundo a nota, esta medida já havia sido planejada desde o momento em que o controle da Penitenciária foi retomado pelo Estado.

O Governo garantiu, ainda, que efetivo atual de agentes penitenciários que trabalham dentro do presídio é suficiente para controlar qualquer possível indício de confusão que venha a ocorrer durante os 30 dias em que os presos ficarão ‘unidos’ no pavilhão Rogério Coutinho Madrugada, o único de segurança máxima do RN.

Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES