Armas das Farcs chegam para alimentar violência em Mossoró

Constatação
Recentes prisões e apreensões de armas de grosso calibre, em Mossoró, revelam que bandidos atuam na região com força bélica originária da Colômbia. Mais preocupações às forças de segurança pública.

Farcs: revolução convertida em banditismo (Foto: arquivo)
O levantamento preliminar das autoridades policiais aponta que armamento advém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARCS).

Esse grupo começou levante armado no início dos anos 60, para implantação de regime comunista no país, mas pegou atalho do tráfico de drogas, sequestros e outros crimes para bancar suposta luta “cívico-popular”. Geraram milhares de mortes e prejuízos econômicos ao estado e povo da Colômbia.

Bandidos
Transformaram-se tão-somente em bandidos de alta periculosidade.

Com armistício encaminhado com o atual governo colombiano, boa parte do armamento está sendo “desovado” no Brasil.

Existem informações de que não apenas no Rio Grande do Norte, mas em outros estados, têm aparecido fuzis e outras armas que “sobraram” da ‘revolução’. Ou seja, em vez de serem entregues ao governo colombiano, estão atravessando a fronteira para armarem criminosos brasileiros.

Fonte: Carlos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES