28 março 2017

Justiça volta a negar liberdade a acusado de matar fisiculturista em Natal

O novo pedido de liberdade feito pela defesa do empresário Alexandre Furtado Paes, acusado de ter matado a fisiculturista Fabiana Caggiano Paes, com quem era casado, durante uma viagem de passeio a Natal, em dezembro de 2012, foi negado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

A defesa do empresário alegava falta de fundamento para a manutenção da prisão preventiva, excesso de prazo processual e ainda a destacou a crise no sistema penitenciário potiguar. Em fevereiro, o pedido havia sido feito e negado pela Justiça.

Blog do BG: http://blogdobg.com.br/#ixzz4cf5N13A4

Nenhum comentário:

Postar um comentário