Levantamento mostra que mais de 90% dos policiais mortos no RN, não estavam de serviço

 Levantamento do Observatório da Violência Letal Intencional do Rio Grande do Norte (OBVIO) aponta que 65 policiais e agentes de segurança do RN morreram de 2012 até o ano corrente.

Ainda de acordo com o estudo, 32 vítimas estavam fora de serviço e foram mortos ao reagirem a alguma ação de violência, o que significa 49% do total.

Já 43% deles, 28 no total, foram vitimados fora de serviço devido à função (estavam executando função de segurança ou similar, mas não oficialmente como agente legal).
Apenas 8% do total, 5 das vítimas, estavam em serviço enquanto operadores de segurança pública.

O levantamento ainda aponta que a principal vítima em termos de números absolutos são os PM’s (Policiais Militares): representam 47 do total das vítimas.
72,3% do total, ou seja, quase dois terços de todos os agentes de segurança vitimizados no período supracitado.

Seguidos pelos Policiais Civis que representam 8 do total no período (12,3%), depois pelos agentes prisionais, 5, guardas civis e de trânsito, também com 5 (7,7% cada).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES