Ministério Público investigará indícios de irregularidades na exoneração de funcionárias em Riacho da Cruz/RN

 
O Ministério Público do Rio Grande do Norte, instaurou inquérito civil, com o objetivo de Investigar supostos indícios de irregularidades praticadas pela Prefeita de Riacho da Cruz/RN, quando a mesma exonerou três servidoras daquele município no mês de novembro de 2016.

A Promotora de Justiça Thatiana Kaline Fernandes, Representante do Ministério Público da Comarca de Portalegre/RN, mandou notificar a Prefeitura de Riacho da Cruz, para que, no prazo de 15 (quinze) dias, comprove as alegações de limite de despesa com pessoal por meio de relatórios de gestão fiscal de 2016, com a remessa dos dois últimos quadrimestres dos demonstrativos de despesas com pessoal, bem como que seja esclarecido se tal conduta de exoneração de servidor atingiu outros servidores, identificando-os.

O referido procedimento investigativo, foi deflagrado por meio da Portaria n. 006/2017-PmJ, de 13 de março de 2017 e publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (18).
 
Fonte: Blog Nosso Paraná RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES