Para Márcia, Dia da Mulher deve reforçar o fim da violência

Em pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (8), quando se comemora o Dia Internacional da Mulher, a deputada Márcia Maia destacou que a data tem que ser lembrada mais pela luta contra o preconceito e discriminação do que por homenagens em forma de flores, doces ou cartões. A parlamentar foi uma das propositoras da Sessão Solene realizada hoje no Legislativo em homenagem às mulheres.

“O dia de hoje é principalmente para reforçar a luta da mulher pelo fim da violência física, psicológica e sexual. E ainda o fim do preconceito e da discriminação às mulheres”, afirmou a parlamentar.

A deputada é autora de Projeto de Lei que reserva, para as vítimas da violência familiar, 5% das vagas nas empresas terceirizadas que prestam serviço ao Governo do RN. O projeto chegou a ser vetado pelo Executivo, mas teve o veto derrubado pelos parlamentares. Diante disso, Márcia Maia cobrou a sua execução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES