TEMER GARANTE QUE INFLAÇÃO FICARÁ ABAIXO DO CENTRO DA META, DE 4,5%

 
O presidente Michel Temer voltou a ressaltar nesta quinta-feira, uma série de indicadores econômicos que apontam para a retomada da atividade econômica. Temer disse que os sinais indicam que o Brasil deve terminar o ano de 2017 com inflação abaixo do centro da meta de 4,5%.

"A inflação cai substancialmente este ano e eu posso garantir, pelas informações que tenho na área econômica, que ela estará abaixo do centro da meta, que é de 4,5%", disse Michel Temer em uma entrevista convocada pela presidência da República para anunciar dados mensais do mercado de trabalho.

Normalmente, os dados são divulgados pela internet, sem qualquer anúncio ou entrevista coletiva. Diante da perspectiva de que a inflação ficará abaixo do centro da meta em 2017, Temer reafirmou a expectativa de que os juros caiam, mas não fez qualquer outra menção ao tema.

Sobre a perspectiva futura da atividade, o presidente Temer lembrou ainda que os indicadores econômicos ainda não captam a injeção dos recursos liberados das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). "Ainda não tivemos o produto da aplicação dos valores que foram retirados das contas inativas do FGTS. A essa altura, penso que já somam mais de R$ 4,5 bilhões ou R$ 5 bilhões", disse, ao citar que serão cerca de R$ 40 bilhões liberados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES