Chororô para eleitor ver

À primeira vista, os partidos terão bem menos dinheiro para bancar as eleições de 2018. Sem as doações (oficiais) de empresas, a maior fonte deve ser um fundo público a ser criado.

Segundo a Folha, o total previsto é de R$ 2,2 bilhões, bem abaixo dos R$ 6 bilhões de gastos declarados pelos partidos nas eleições de 2014.

É óbvio que os caciques políticos já estão chorando. Mas o pranto só será sincero, quando o caixa 2 for abolido do país.
 
Fonte:Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES