Disque-Denúncia pede informações sobre criminosos que mataram vigilante do IFRN em Apodi

A Delegacia de Policia Civil de Apodi lançou o serviço de Disque-Denúncia, através do aplicativo Whatsapp, (84) 99119-0123, com a finalidade de obter informações dos assassinos do vigilante do O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Cabral Neto, que foi assassinado por dois homens na calçada da sua residência.

Por meio do Whatsapp o denunciante poderá enviar fotos, vídeos ou outros documentos digitalizados que possam auxiliar nas investigações sobre crimes de trafico, homicídio, assaltos e foragidos da justiça. O atendimento do Disque Denúncia continua também sendo realizado por meio do telefone (84) 3333-2737 ou também pelo 190 da Policia Militar. Whatsapp, (84) 99119-0123. A identidade do denunciante sera mantida em sigilo total.

Para o delegado de Apodi, bacharel Renato Oliveira, é muito importante o apoio da população para o trabalho da Policia Civil e Militar. “Toda e qualquer informação que possam contribuir para identificação e/ou captura os suspeitos devem ser passadas ao Disque-Denúncia”, comentou o delegado.

Considerado, município pacato, Apodi vem registrando uma onda de violência. Já foram registrados oito homicídios, três tentativas de homicídios e vários assaltos. O delegado atribui 90% dos crimes a guerra entre facções criminosas. Inclusive vários já foram presos em uma operação realizada pela Policia Civil e Militar de Apodi.

O Vale do Apodi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES