Justiça aceita denúncia e torna réu 59 pessoas investigadas na 'Carne Fraca'

Foto: Jonathan Campos / Gazeta do Povo
Cinquenta e noves pessoas denunciadas pelo Ministério Público à Justiça Federal de Curitiba se tornaram réus nesta terça-feira (25). As denúncias foram feitas após investigações da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, deflagrada em março deste ano. De acordo com a Veja, na denúncia foram apontados crimes como corrupção, prevaricação, concussão, violação de sigilo funcional, peculato, organização criminosa e advocacia administrativa. Apenas um dos 60 pedidos foi rejeitado pelo juiz Marcos Josegrei da Silva, da 14ª Vara Federal de Curitiba, por considerar que a acusada em questão tinha cometido um crime de menor potencial ofensivo. As denúncias foram separadas em cinco partes e envolvem fiscais do Ministério da Agricultura e funcionários de frigoríficos. Do total, 24 pessoas já cumprem prisão preventiva. A Operação Carne Fraca envolveu mais de mil agentes da PF na apuração de possíveis desvios na fiscalização de produtos de origem animal, incluindo carnes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES