MARTINS-RN: OPOSIÇÃO ELEGE MESA DIRETORA DO LEGISLATIVO PARA O BIÊNIO 2019/2020


Eleição realizada quarta feira 26 de abril de 2017
De acordo com o requerimento apresentado pela mesa diretora e aprovado por 8 votos a favor e 1 contra na sessão de quarta feira 19-04, transmitida ao vivo pela Liberdade FM 104,9, antecipando a eleição da mesa diretora do segundo biênio para a sessão ordinária de quarta feira dia 26, o atual presidente lançou a chapa da atual mesa, composta por: Clemente Gurgel de Amorim Presidente, Ercílio Lopes de Lisboa 1º Vice Presidente. Antonio Erasmo de Miranda 1º Secretario, onde mesma ocasião o vereador Francisco Avelino de Carvalho, "Cabecinha" PHS, lançou sua candidatura e falou que a oposição teria chapa da para ganhar ou perder e solicitou que constasse em ata.

Requerimento apresentado pela mesa diretora para antecipação da mesa aprovado pelo plenário.

Só que a chapa lançada pelo Vereador Clemente Gurgel de Amorim Neto, perdeu dois vereadores sendo eles, Erasmo o 1º secretario e Ercílio 1º vice presidente. Ao tomar conhecimento da baixa da sua chapa, o presidente até então candidato a reeleição perdeu forças e o tempo não foi um bom companheiro dessa vez para o grupo da prefeita.

Lembrando que o atual presidente tentou a todo custo recuperar o prejuízo tentado reconquistar e convencer os vereadores a voltarem a compor sua chapa, mas não conseguindo exito, seu grupo de apoio caiu em campo para tentar reverter a situação de compor sua chapa e não conseguiu nem mesmo dentro no seu próprio grupo politico.

Então muito bem assessorado, inclusive com advogado presente na reunião e anunciado pelo presidente do legislativo, que passou a argumentar que as chapas não teria validades pois a dele foi desfeita com a saída dos dois vereadores e não teve como apresentar, e foi nesse momento que o vereador cabecinha descobriu que a unica chapa existente e legalmente apresentada foi a da oposição, pois deu entrada na secretaria da casa, sendo assim uma única chapa concorrente a mesa, oficializada pela Secretaria da Câmara municipal, que foi lida em plenário com a presença de 7 vereadores de um colegiado de 09, faltando assim 02, sendo Uilame Junior e a vereadora Xinó

Ausência dos dois vereadores na visão do presidente não dava presença absoluta, pretexto alegando, e que na visão do mesmo quem manda é o presidente e não iria realizar a eleição que foi convocada para a presente sessão.

Sem respeitar os presentes, ignorou o pedido dos vereadores de submeter a decisão aos membros da mesa diretora ou ao Plenário, que é soberano. lembrando que em um ato ditatorial o presidente Clemente Gurgel disse em alto e bom som, que a eleição da mesa só seria feita se passassem por cima do presidente e do regimento, porque quem manda e ele que é presidente, e no meio da discussão democrática que foi avisado por pelos vereadores Bibiu e cabecinha que se o presidente não quisesse participar da eleição para a escolha da mesa, poderia se prevalecer da decisão de se ausentar, apresentar sua chapa, votar ou se abster de vota, ou ainda passar os trabalhos para serem conduzidos pelo vice presidente, o vereador Ercílio, mas no intuito de não permitir a realização da eleição, sem que ninguém esperasse, o presidente surpreendeu e deu por encerrada a sessão, ignorando os apelos da mesa diretora e o plenário, desligando o som, trancando a presidência e outras dependências e dando ordens para os funcionários não fornecer nada aos edis presentes na casa, se ausentando imediatamente do plenário e consequente mente das dependências da Câmara na mais clara certeza que impenderia a realização da eleição, mas na ausência do presidente Clemente Gurgel com autorização da mesa e do plenário o vice presidente Ercílio assumiu imediatamente os trabalhos e em consonância com o Regimento Interno colocou em votação a unica chapa registrada na secretaria de casa, que convidou o vereador mais idoso para presidir os trabalhos da eleição, no caso o vereador Bibiu, que depois da realização da eleição, apurados os votos, 5 votos SIM na chapa registrada, declarou eleita a chapa para biênio 2019/2020.
Chapa Registrada, votada e eleita para conduzir o poder Legislativo martinense que será empossada em 1 de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2020, 2º biênio

Com a saída do presidente as Clemente Gurgel e as ordens determinadas aos aos funcionários da Câmara as dependências da casa ficaram assim
secretarias e gabinetes fechados
Fonte e Fotos:Martins em Pauta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES