QUADRILHA QUE ATACOU JAGUARUANA NO CEARÁ NESTE SÁBADO ERA COMANDADA POR UM MOSSORENSE

 
Madrugada de terror neste sábado 1° de abril de 2017, assustou moradores da cidade de Jaguaruana-CE, que fica localizada no Vale do Jaguaribe, a 180 quilômetros de Fortaleza.

De acordo com as informações uma quadrilha fortemente armada, com pelo menos 20 homens, em vários veículos, invadiram o município, de 35 mil habitantes, por volta das 2h.

Os alvos dos criminosos foram às agências dos Correios, do Banco do Brasil e a delegacia da cidade, na região central. O serviço de inteligência das Polícias Civil e Militar já estava ciente de que a quadrilha, possivelmente do Rio Grande do Norte, iria entrar em Jaguaruana nesta madrugada.

Os agentes ficaram posicionados em locais estratégicos e conseguiram abordar a quadrilha, que se dividiu para atacar as agências e o Distrito Policial ao mesmo tempo.

O confronto terminou com sete assaltantes mortos, um ferido e quatro presos. As investigações que chegaram à informação sobre o ataque foram coordenadas pela Polícia Federal (PF) em Mossoró, no Rio Grande do Norte, e começaram em setembro de 2016, de acordo com o chefe da delegacia da PF na cidade, o delegado federal Samuel Elânio Oliveira Júnior, que está em Fortaleza. A polícia do Ceará procura o resto do grupo que conseguiu fugir.

Mortos, presos e feridos
Um dos mortos no tiroteio é Ediondas Duarte, de Mossoró, que segundo a polícia, era o principal alvo da operação, batizada de 'Andarilho'. Ele é apontado como chefe da quadrilha que é formada por mais de 30 homens, sendo o responsável por fazer as explosões e arregimentar homens para o grupo, segundo a PF. Ele também já atuou em outros estados como São Paulo. Além dele, foi identificado um assaltante de Campina Grande (PB), mas o bando também reunia cearenses, agindo quase que semanalmente, segundo a PF. A polícia trabalha para descobrir a exata identificação dos demais. Os corpos estão no IML.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES