Relator da lava-jato acata pedido da PGR e citação a Henrique Alves será investigada por Sérgio Moro

 
O relator da lava-jato no STF, ministro Edson Fachin atendeu pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que sejam encaminhadas ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba, as citações ao ex-deputado e ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB).

A citação ao ex-deputado Cândido Vaccarezza (PT) também será investigada por Moro.

Fachin também autorizou a inclusão dos nomes dos senadores Garibaldi Filho (PMDB), José Agripino (DEM) e Valdir Raupp (PMDB) ao inquérito para que sejam investigadas doações às suas campanhas.

Além dos senadores, quatro deputados que receberam doações de campanhas passarão a ser investigados: Walter Alves (PMD), Felipe Maia (DEM), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Luiz Sergio (PT).

Fonte: Thaisa Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES