Programa Mais Médicos é retomado com vinda de 950 cubanos

Um grupo de 950 médicos cubanos chegará ao Brasil nos próximos dias depois da decisão de Havana de reiniciar a cooperação, interrompida pelo elevado número de profissionais que desistiram de retornar à ilha, informou o Ministério da Saúde do Brasil.

Outros 4.000 médicos cubanos, que já completaram três anos no país, devem voltar à Cuba nos próximos dois meses.

A colaboração entre Cuba e Brasil foi suspensa em abril, quando Havana se recusou a enviar outros 710 médicos, argumentando sua preocupação com o fato de a Justiça brasileira validar as solicitações de permanência de profissionais do país comunista.

Segundo a imprensa brasileira, quase 100 médicos cubanos formalizaram o seu desejo de permanecer no Brasil desde 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES