19 maio 2017

Taxa de desemprego no RN sobe novamente e chega a 16,3%, diz pesquisa

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) Contínua, divulgada nesta quinta-feira (18) pelo IBGE, a taxa de desemprego no Rio Grande do Norte em 2017 aumentou em 2% em relação ao mesmo período do ano passado. Essa é a pior taxa de desocupação desde 2014.

Segundo o estudo, a população em idade de trabalho no RN é de 2,834 milhões e registrou aumento de 55 mil pessoas sem trabalho, somando 2.889 milhões. A estimativa de pessoas desocupadas chega, então, a 283 mil. Com relação ao trimestre anterior, houve crescimento de 25 mil pessoas, uma variação de 11,2%.

O número de pessoas ocupadas não apresentou variação significativa em relação ao mesmo período do trimestre anterior. O rendimento médio real habitual de todos os trabalhos não apresentou variação significativa, mantendo-se em R$1.653.

O número de empregos no setor privado com carteira de trabalho assinada, estimados em 373 mil pessoas, não apresentou variação significativa em relação ao mesmo período do ano anterior, mas, em relação ao trimestre anterior, variou 5,6%. Já o número de trabalhadores sem carteira de trabalho assinada manteve-se em 187 mil.

G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário