Jovem assassinado no bairro Sumaré na terça feira não era o alvo estava no lugar errado diz delegado

Material encontrado pela DHPP na casa de Paulo Sérgio
A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sob o comando do Dr. Rafael Arraes, elucidou nesta quarta feira 28 de junho, o homicídio ocorrido na noite de terça feira (27) no bairro Sumaré em Mossoró RN.

De acordo com o delegado, a vítima Jorge Henrique dos Santos, de 24 anos, morto com um tiro de escopeta na casa de um amigo, não era o alvo do atirador que já foi identificado. A investigação concluiu que Jorge estava no lugar errado e na hora errada.

O criminoso, Paulo Sérgio Araújo da Silva, que está foragido, de acordo com a investigação foi ao local armado de escopeta 12 para matar o dono da Vila (Nome preservado), por causa de ciúmes.

Segundo Arraes o dono da vila estaria paquerando com a mulher de Paulo Sérgio que morou na Vila e depois por causa disso se mudou para outro bairro.

Depois de 15 dias da mudança, Paulo Sérgio, sabendo que o dono da vila frequentava o local todos os dias se armou com uma espingarda calibre 12 e foi "acertar as contas" com o desafeto, afirmou o delegado da DHPP baseado em depoimentos. Chegando no local pulou o muro da casa e ao avistar o que seria o alvo atirou, mas acabou atingindo um inocente, que estava na casa.

Os policiais da DHPP foram na casa de Paulo Sérgio,onde apreenderam vários matérias, possivelmente de roubo, como motor de moto. e armas de fogo.

Já com o crime esclarecido, o delegado Rafael Arraes declarou que vai solicitar a prisão preventiva de Paulo Sérgio.
Jorge Henrique foi morto com um tiro de 12 no peito

Fonte: Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES