Marina Silva critica permanência do PSDB na base aliada de Temer




A ex-senadora Marina Silva (Rede-AC) publicou nesta terça-feira, 13, no Twitter, duras críticas à decisão tomada ontem à noite pelo PSDB de permanecer na base do governo de Michel Temer, o qual Marina chamou de “desacreditado”.
Ela considerou a decisão uma “trágica repetição às avessas” da postura adotada pelo PMDB quando o impeachment de Dilma Rousseff começava a ganhar corpo, no ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES