08 junho 2017

Polícia investiga FURNAS

 
A Polícia Fazendária cumpre no Rio de Janeiro e São Paulo, na manhã desta quinta-feira (8), um total de 33 mandados de busca e apreensão na Operação Barão de Gatuno, nas investigações de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. A operação é um desdobramento da Lava Jato.

As investigações tiveram como ponto de partida a delação premiada do ex-senador Delcídio Amaral (ex-PT-MS) sobre corrupção na estatal de energia Furnas, que têm o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha como alvo principal.

As investigações se concentram na compra superfaturada de uma hidrelétrica em Goiás, em 2008.

Diário do Poder

Nenhum comentário:

Postar um comentário