Defur prende suspeitos de envolvimento na morte do policial da reserva em Mossoró

O policial da Reserva, Honório Lopes Pereira de 65 anos, foi morto no final da tarde de segunda feira 17.
Em menos de 24 horas após o latrocínio contra o cabo PM da reserva Honório Lopes Pereira de 65 anos ocorrido nesta segunda feira (17), policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos, identificaram e prenderam os suspeitos do crime.


Isac Vieira de Almeida de 19 anos de idade, natural de Lucrécia/RN e um menor de 17 anos, foram localizados e detidos, na tarde desta terça feira 18 de julho em suas residências no bairro Bom Pastor (Forno Velho), região onde o policial militar foi morto durante assalto.

De acordo com o delegado Luiz Fernando, na casa de um dos suspeitos os policiais encontraram uma Pistola ponto 40 (de Uso restrito), roubada de um policial civil, no Conjunto Abolição III em Mossoró e na residência do outro suspeito foi encontrado um revólver calibre 38, roubado na cidade de Fortim no estado do Ceará.

Foram presas ainda Izacleide de Araújo de 35 anos, natural de Cajazeiras na Paraíba e Wenia Morais de Souza de 33 anos, natural de Apodi/RN. As duas são esposas dos os acusados do latrocínio

Os quatro foram encaminhados à Delegacia de Furtos e Roubos e depois de autuados na forma da lei, encaminhados a Unidades Prisionais da cidade, sendo que o menor foi encaminhado ao CIAD e estão a disposição da justiça.

O Dr. Luiz Fernando disse que com a prisão dos dois suspeitos, o caso do latrocínio contra o Policial Militar da Reserva Honório Lopes, está praticamente esclarecido, faltando apenas as provas técnicas.

O delegado informou ainda que os suspeitos negaram a participação no crime, mas a polícia encontrou indícios que comprovam a participação deles no latrocínio.

Informações: Fim da Linha/O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES