Maia já esteve mais perto da cadeira presidencial

O deputado Rodrigo Maia já esteve, há alguns dias, bem mais perto da cadeira de presidente da República do que está hoje. Maia viabilizou-se junto ao mercado e chegou a animar parte do establishment, que o considerou viável para a aprovação de reformas. No plano político, que é o que importa de forma mais imediata, porém, há sinais de que vai ter que tomar ainda algum Nescau para chegar lá.

Ainda que à base de troca de deputados, liberação de recursos e outros instrumentos fisiológicos, a vitória de Michel Temer na CCJ tem seu peso político. Não garante o sucesso da metodologia no plenário, mas livra o governo da sensação de fim irreversível que teria tomado conta do ambiente em caso de derrota na Comissão. Claro está hoje que a oposição não avançou na estratégia de conquistar os 342 votos anti-Temer no plenário, assim como o governo não tem maioria para encerrar o assunto. Esse 1 X 1 pode durar indefinidamente, e a inércia tende a manter Temer no cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES