SENADO APROVA TEXTO PRINCIPAL DA REFORMA TRABALHISTA

 
  Após mais de seis horas de protesto das senadoras de oposição, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) reabriu a sessão que tenta votar a reforma trabalhista no plenário do Senado nesta terça-feira.
A sessão foi interrompida após as senadoras ocuparem todos os lugares da Mesa Diretora, sem deixar lugar para Eunício se sentar.
Elas queriam que se fechasse um acordo para votar uma emenda proibindo o trabalho de grávidas e lactantes em local insalubre. No entanto, representantes do governo disseram que não aceitavam negociar com a oposição. A mudança faria com que a reforma voltasse para a Câmara, atrasando a tramitação do texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES