Em nota, Temer nega participação nos debates sobre reforma política

 
O Palácio do Planalto divulgou nota neste sábado para negar que o presidente Michel Temer esteja participando das discussões sobre reforma política e da criação do chamado “distritão”. Para Temer, segundo a nota, o “distritão” e a criação do fundo eleitoral com recursos públicos são “temas do Congresso”. Integrantes do Planalto disseram que a nota é para “esclarecer a posição do presidente”.
Apesar de negar participação no debate, foi justamente a reforma política a justificativa oficial durante a semana para encontro entre Temer e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, no final de semana passado, fora da agenda.
“O presidente Michel Temer não está participando da discussão sobre a reforma política. Não se envolveu na adoção do distritão nem na criação do fundo eleitoral. Esses são temas do Congresso Nacional”, diz a nota.
A criação do fundo eleitoral, no valor aproximado de R$ 3,6 bilhões, foi criticada nesta sexta-feira pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele considerou o valor muito alto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES