RN registra 33 assassinatos no fim de semana e ultrapassa 1.600 no ano

   
O Rio Grande do Norte teve o final de semana mais violento deste ano. Mais de 30 pessoas foram mortas entre a última sexta-feira (25) e o domingo (27).
Comparativo mostra crescimento de mais de 27% no número de assassinatos.
Segundo dados repassados pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO), neste final de semana o estado foi palco para 33 assassinatos.
Desse total, dez foram em Natal; quatro em Extremoz; três em Tangará; dois em Canguaretama, São Gonçalo do Amarante, e São José do Mipibu, cada; e um em outros dez municípios do interior.
Os casos foram notificados em Brejinho, Florania, Lagoa Salgada, Macaíba, Monte Alegre, Mossoró, Parelhas, Parnamirim, Patu e Santo Antônio. Na sexta, forma 11 mortes, dez no sábado, e 12 no domingo.
Ainda de acordo com o Obvio, 30 crimes foram praticados com arma de fogo e outros três com arma branca; sendo que do total 32 vitimaram homens e apenas um resultou na morte de mulher.
1.622 assassinatos
Os casos fizeram o território potiguar somar 1.622 assassinatos entre 01 de janeiro e 27 de agosto deste ano. No mesmo período do ano passado, foram 1.273; contra 1.048 em 2015; e 1.200 em 2014.
Mulheres mortas
Os dados do Obvio dão conta também de 94 mulheres mortas no estado neste ano, sendo 27 caracterizadas como feminicídios, ou seja, assassinato de mulher com característica de violência doméstica e/ou de gênero. No ano passado foram 67 mulheres mortas, sendo 26 feminicídios; contra 74 crimes em 2015, sendo 17 feminicídios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES