Defesa de Lula: “Acusações falsas e sem provas”

 
A defesa do ex-presidente Lula afirma que Antonio Palocci, “preso e sob pressão”, fez “acusações falsas e sem provas” enquanto negocia acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.
Palocci também afirmou a Moro, segundo os defensores, que Lula sabia da compra de um terreno para o Instituto Lula e de um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo.
“O depoimento de Palocci é contraditório com depoimentos de testemunhas, réus, delatores da Odebrecht e com as provas apresentadas”, afirmou, por mensagem de texto, Cristiano Zanin Martins. “Preso e sob pressão, Palocci negocia com o MP acordo de delação que exige que se justifiquem acusações falsas e sem provas contra Lula.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES