Márcia Maia cobra ação do Governo do Estado sobre violência: “RN contabiliza uma média de sete assassinatos por dia”

Márcia Maia em pronunciamento – Foto: João Gilberto
A deputada estadual Márcia Maia (PSDB) repercutiu, na sessão desta terça-feira (05), na Assembleia Legislativa, os elevados índices de violência registrados no mês de agosto pelo Observatório da Violência Letal Intencional. O Obvio/RN apontou o mês como o mais violento da história do Rio Grande do Norte.
“Olhe a situação grave que passa a segurança pública do Rio Grande do Norte”, alertou a deputada, dizendo que o Estado contabiliza uma média de sete assassinatos por dia, sendo uma a cada três horas e meia. “No ano de 2016 que foi o mais violento, foram registrados mais de 1.900 homicídios, mas 2017 já está superando”, afirmou a parlamentar.
Segundo Márcia Maia, além das mortes, o Rio Grande do Norte também contabiliza tentativas diárias de homicídios, e citou o caso da estudante de Medicina que foi baleada quando chegava a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Parnamirim. Ela chamou atenção para a importância do Estado investir em políticas de repressão, lembrando que o Coronel Azevedo deixou o Comando Geral da Polícia Militar por falta de apoio do Governo do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES