Temer já começou a abrir os cofres para barrar 2ª denúncia na Câmara

 
Michel Temer mostra que, mais uma vez, está disposto a torrar dinheiro público para permanecer no Planalto; assim como fez para estancar a primeira denúncia na Câmara, o peemedebista já começou o processo de agrado aos deputados que votarão a denúncia na Câmara; contra a vontade de sua equipe econômica, Michel Temer prepara a liberação de mais dinheiro para programas como o refinanciamento de dívidas Refis e o Bolsa Família; além disso, o peemedebista também investiu em sua já tradicional verba para os deputados; no dia em que a Procuradoria Geral da República denunciou Temer pela segunda vez, o governo liberou R$ 65 milhões em emendas parlamentares: aquela quinta-feira, 14 de setembro, foi o dia em que os deputados mais receberam dinheiro até agora durante o mês de setembro; o segundo dia em que houve mais pagamento de emendas foi 19 de setembro, um dia antes de o Supremo Tribunal Federal concluir o julgamento que liberou o envio da denúncia para a Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES