BRASIL TEM 12 ASSASSINATOS DE MULHERES E 135 ESTUPROS POR DIA

 
O Brasil registrou, em média, 135 estupros por dia no ano passado. Foram 49.497 casos no total, 4,3% a mais que no ano anterior, uma média de 135 por dia, segundo dados levantados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgados nesta segunda (30).

Não é o maior índice já registrado pela entidade, no entanto, que divulga anualmente estatísticas de segurança pública. Em 2013, a quantidade de casos no país chegou a 51.090. Estudos indicam que há grande subnotificação dessas ocorrências.

Houve, naquele ano, 4.657 registros de mulheres assassinadas. 533 deles foram classificados como feminicídio. Sancionada em 2015, a lei federal que define o feminicídio transformou em hediondo o assassinato de mulheres motivado justamente por sua condição de mulher. Ela aumenta a pena por homicídio, que é de 6 a 20 anos de prisão, para 12 a 30 anos.

"[O feminicídio] é só o desfecho fatal de uma série de violências que a mulher sofre. O altíssimo número de estupros mostra o contexto onde vai se dando a violência, que acaba com esse desfecho fatal", explica Olaya Hanashiro, conselheira do fórum. "Ainda mais no Brasil, em que a maioria desses feminicídios são íntimos, se desenvolvem na violência doméstica."

Mato Grosso do Sul tem a pior taxa de estupros proporcionalmente à sua população. São 54,4 casos a cada 100 mil habitantes. Amapá e Mato Grosso aparecem na sequência, com 49,2 e 48,8 casos por 100 mil passoas. A taxa média nacional foi de 24 estupros por 100 mil habitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES