21 outubro 2017

Renan Calheiros ironiza ofício da PGR sobre Geddel: 'Para mim o chefe era outro'

Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado
O ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), usou seu perfil nas redes sociais para ironizar um ofício da Procuradoria-Geral da República segundo o qual Geddel Vieira Lima é apontado como "líder de organização criminosa" . "Engraçado... Nunca soube que Geddel era o chefe. Para mim, o chefe dele era outro", escreveu Renan em seu Twitter, sem citar nomes. Alguns internautas fizeram suas aposta no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, enquanto outros pediram que Renan falasse mais sobre o que sabia. Entretanto, horas depois da primeira publicação, o senador parecer ter preferido ser mais claro. "Era ouTro", acrescentou, deixando o T maiúsculo, em destaque, uma dica sobre quem se trata. Com isso, alguns usuários da rede social passaram a sugerir que ele estaria falando do presidente Michel Temer. Vale lembrar que Renan é adversário de Temer, fazendo críticas públicas ao governo. Por outro lado, o delator e dono do grupo J&F deu uma entrevista em que chamou Temer de "chefe" de organização criminosa . Geddel foi ministro de Temer e uma das pessoas mais próximas ao presidente. Houve também quem dissesse que o chefe, na verdade, era o próprio Renan. "Chefe é tu, que peita mandado, depõe se quiser e rouba o povo brasileiro há décadas. Geddel ou qualquer outro é ladrão de pinga perto de você", escreveu um internauta. Outra pessoa apostou que o presidente Michel Temer, para quem Renan tem feito oposição, é o chefe. "A Dodge quer fazer média", acrescentou a internauta, em referência à procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Nenhum comentário:

Postar um comentário