28 novembro 2017

BNDES financia aeroporto-fantasma em Moçambique.

A BBC Brasil publicou hoje reportagem sobre o aeroporto de Nacala, em Moçambique –construído pela Odebrecht, com um empréstimo de R$ 404 milhões do BNDES, em valores atualizados.
Inaugurado em dezembro de 2014, Nacala vive às moscas. Com capacidade para 500 mil passageiros por ano, recebe menos de 20 mil. Seu custo de operação é quatro vezes maior que as receitas.
Além disso, Moçambique parou de pagar as parcelas do empréstimo do BNDES no final do ano passado.
De acordo com a BBC, a construção do aeroporto, “sugerida” ao governo moçambicano pela Odebrecht, não se baseou em demanda reprimida na região, mas numa aposta em seu crescimento futuro, puxado por empresas brasileiras.
O certo é que você, contribuinte brasileiro, teve seu dinheiro enterrado num aeroporto-fantasma em Moçambique. Agradeça ao BNDES por mais essa.

O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário