27 novembro 2017

Cássio exalta honra de erguer a taça: 'Fiquei até um pouco nervoso'

Premiado com a honra de erguer o troféu de campeão brasileiro, o goleiro Cássio, do Corinthians, disse neste domingo que viveu um momento especial na carreira.
O jogador foi o escolhido pelo técnico Fábio Carille para ser o capitão no jogo com o Atlético-MG, que acabou empatado em 2 a 2, e contou que o sentimento na hora da cerimônia de premiação foi um misto de euforia e nervosismo.
O goleiro foi um dos destaques da campanha do time e ficará eternizado nas imagens da festa como o responsável por levantar a taça do sétimo título nacional do Corinthians. "Confesso que fiquei muito feliz. Todos que estão aqui poderiam erguer. Passa um filme na cabeça, na infância, do sonho de ser jogador. Ser campeão, na minha opinião, pelo maior clube do Brasil, não tem preço. Foi um dos momentos mais emocionantes da minha carreira", disse o goleiro.
Cássio está no clube desde 2012 e além das conquistas da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes, venceu duas vezes o Campeonato Brasileiro, mais duas vezes o Paulista e uma vez a Recopa Sul-Americana. Mesmo com esse currículo e a experiência, o jogador comentou ter ficado ansioso com a escolha de, pela primeira vez, erguer uma taça pelo clube.
"Confesso que fiquei um pouco nervoso. Ter essa honra de erguer a taça após cinco anos de Corinthians, ainda mais um com título como esse. O Brasileiro coroa um ano de muito trabalho. Fomos muito cobrados e conseguimos dar uma resposta", disse. Ele foi o primeiro goleiro a erguer o troféu de campeão brasileiro pelo clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário