21 novembro 2017

Em cerimônia de posse na PF, Segóvia diz que combate à corrupção segue como prioridade

Foto: Marcos Corrêa/PR
O delegado Fernando Segóvia assumiu oficialmente nesta segunda-feira (20) o cargo de diretor-geral da Polícia Federal. Durante a cerimônia realizada em Brasília, ele assegurou que o combate à corrupção continuará como prioridade no órgão. O novo diretor-geral declarou ainda que vai buscar a harmonia com o Ministério Público Federal (MPF) durante seu trabalho. "Buscaremos o combate incansável à corrupção no Brasil, que continuará a ser agenda prioritária na Polícia Federal, tendo como premissa a continuidade de operações especiais, tais como Lava Jato, Cui Bono, Cadeia Velha, Lama Asfáltica e tantas outras em andamento nos inquéritos que tramitam no Supremo Tribunal Federal e nas varas da Justiça Federal Brasil afora", disse Segóvia durante a cerimônia. Ele admitiu no pronunciamento que existe uma disputa entre a Polícia Federal e o MPF mas disse que confia "no espírito de maturidade institucional e profissional dos membros dessas instituições". Recentemente, o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, questionou a possibilidade de a PF negociar delações premiadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário