HENRIQUE ALVES RECEBEU MAIS DE 400 VISITAS EM DOIS MESES, AFIRMA PROCURADOR.

Desde que levantou voo e deixou o Paraná, a Operação Lava Jato fez tremer políticos e governos de diversos Estados brasileiros. São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Pernambuco, Rondônia – e o Distrito Federal – receberam até o ano passado filhotes da maior ofensiva contra corrupção já aberta no País. Este ano foi a vez de ações ostensivas serem deflagradas no Rio Grande do Norte.
Em 6 de junho foi para a cadeia o ex-presidente da Câmara e deputado por onze mandatos consecutivos, Henrique Eduardo Alves (PMDB), uma das maiores forças políticas do Estado. Acusado por crimes de corrupção e propina, na Operação Manus, desdobramento da Lava Jato, o peemedebista é suspeito de receber pelo menos R$ 11,5 milhões em propinas de empreiteiras. O ex-deputado está atualmente custodiado na Academia de Polícia da Polícia Militar, no Rio Grande do Norte.

Fonte: Júlia Affonso - O Globo/Blog do Noblat
Foto: André Coelho/Agência O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES