28 novembro 2017

Mãe é presa acusada de agredir filho de 1 ano e 11 meses em Campo Grande, RN

A avó da criança disse aos PMs que não aguentava mais ver Angelina Pereira espancando a criança.
Uma mulher de 18 anos foi presa suspeita de torturar o próprio filho, de 1 ano e 11 meses, na cidade de Campo Grande, na Região Oeste do Rio Grande do Norte. A criança estava com hematomas, nas adegas, pernas e braços.
O crime foi cometido na manhã desta terça-feira (28). De acordo com o Sgt. Tarcio Fernandes, a corporação chegou até Angelina Pereira de Lucena, de 18 anos, depois que o marido a denunciou, por volta das 10h30, uma guarnição da Polícia Militar foi até a Rua Miguel Firmino de Brito, Nº 211, no Alto da Esperança, onde foi constatado a veracidade do fato e deram voz de prisão a acusada que foi encaminhada para a delegacia local para os procedimentos cabíveis.
A mãe da acusada e avó da criança disse aos PMs que não aguentava mais ver Angelina Pereira espancando a criança e resolveu pedir para o marido denunciar as agressões. A criança se encontrava com hematomas, nas adegas, pernas e braços, em uma situação triste de se ver.
Na Delegacia de Polícia Civil, Angelina Pereira confessou o crime de agressão física a incapaz. De acordo com informação da Polícia Militar ao site Icém Caraúbas, a acusada é bipolar e o delegado de plantão irá pedir a internação de Angelina Pereira.

Fonte: Icém Caraúbas

Nenhum comentário:

Postar um comentário