STJ nega habeas corpus aos irmãos Batista

O ministro Rogerio Schietti, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta terça-feira habeas corpus aos irmãos Wesley e Joesley Batista, donos da empresa JBS. Eles estão presos preventivamente pela Operação Tendão de Aquiles por suposta prática do crime de “insider trading”, que consiste no uso de informação privilegiada para lucrar no mercado financeiro. Ambos continuarão presos por tempo indeterminado.
Segundo as investigações, os dois teriam dado ordens de compra e venda de ativos da JBS no período em que negociavam acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR), já antevendo a influência da delação no mercado financeiro. As informações são de O Globo.
Leia mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES