26 dezembro 2017

CACIQUES DO SERTÃO TERÃO REELEIÇÃO DIFÍCIL, DIZ FOLHA DE SP.

Com o encerramento dos mandatos de dois terços dos senadores, os principais caciques do Senado vão às urnas em 2018 em cenário adverso.
Terão que explicar aos eleitores as acusações das quais são alvo, propor saída para a crise política e como e enfrentar menor disponibilidade de recursos às suas campanhas políticas.
Quem tem reportagem hoje sobre o assunto é o jornal paulistano Folha de São Paulo.
Caciques do Senado na mira da Lava Jato terão reeleição difícil – diz o título da matéria especial na edição desta segunda-feira (25) do jornal.
Dos 54 senadores que o mandato chega ao fim, pelo menos 21 respondem a investigações no Supremo Tribunal Federal (STF) da Lava Jato ou seus desdobramentos.
Entre os nomes que vem à tona estão os senadores potiguares José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (PMDB).

Fonte: Carlos Santos
Foto: Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário