01 dezembro 2017

NO BRASIL, A CADA 38 MINUTOS UM HOMEM MORRE VÍTIMA DE CÂNCER DE PRÓSTATA


 
Em 2016, cerca de 60 mil homens desenvolveram câncer de próstata no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer. A doença é a segunda mais recorrente entre os homens, e mesmo assim, os exames preventivos são tratados com preconceito em um universo cheio de machismo e ignorância. Cerca de 90% dos casos evolui a partir dos 55 anos, por isso, a necessidade de uma atenção maior a partir dessa idade.

De acordo com Instituto Nacional do Câncer, alguns tumores podem crescer de forma rápida e espalhando-se para outros órgãos. Porém, a grande maioria cresce de forma lenta e assintomática.

A cada 38 minutos, um homem morre vítima de câncer de próstata. A demora no diagnóstico é um dos principais problemas no combate ao câncer. Cerca de 30% dos casos já estão em fase de metástase quando são diagnosticados. Neste caso, o paciente tem maior risco de morte.

Fique atento!

Procure adotar hábitos que podem ajudar a reduzir as chances do aparecimento do câncer. Seguem alguns fatores de risco que merecem atenção:

Tabagismo;

– Consumo excessivo de álcool;
– Alimentação rica em carne vermelha, gorduras e embutidos;
– Obesidade e sedentarismo;
CALENDÁRIO DA SAÚDE PARA OS HOMENS:
A partir dos 15 anos:
– autoexame dos testículos: se perceber qualquer alteração deve-se procurar um médico (nódulo, por exemplo);
Periodicidade: mensal
A partir dos 30 anos:
– autoexame dos testículos: se perceber qualquer alteração deve-se procurar um médico (nódulo, por exemplo);
– sangue: avaliação dos níveis de glicose, colesterol e triglicerídeos, função renal e hormônios da tireóide;
Periodicidade: anual
A partir dos 40:
– autoexame dos testículos: se perceber qualquer alteração deve-se procurar um médico (nódulo, por exemplo);
– sangue: avaliação dos níveis de glicose, colesterol e triglicerídeos, função renal e hormônios da tireóide;
– próstata: exame de toque retal e sanguíneo PSA;
Periodicidade: anual
A partir dos 50:
– autoexame dos testículos: se perceber qualquer alteração deve-se procurar um médico (nódulo, por exemplo);
– sangue: avaliação dos níveis de glicose, colesterol e triglicerídeos, função renal e hormônios da tireóide;
– próstata: exame de toque retal e sanguíneo PSA;
– Colonoscopia (diagnóstico preventivo do câncer coloretal);
Periodicidade: anual

Nenhum comentário:

Postar um comentário