26 dezembro 2017

Policiais pretendem manter greve e contrariar decisão de desembargadora

Os policiais que realizam a operação Segurança com Segurança deverão continuar aquartelados, contrariando determinação da desembargadora Judite Nunes, que ordenou a imediata retomada dos trabalhos. 
 
 A associação de PMs informou ao blog que ainda não foi notificada da decisão, mas destacou que a determinação é contra as representações sindicais, e não os trabalhadores.

“Permanece tudo como está, portanto”, afirmou seu o presidente da associação de PMs, Eliabe Marques.

Apesar disso, ele sinalizou positivamente quando indagado se ja há policiais nas ruas.

Fonte: O Natalense

Nenhum comentário:

Postar um comentário