31 dezembro 2017

Radialista é assassinado a tiros ao ir à emissora em Campina Grande-PB

 
O radialista, cantor e compositor, João Gomes da Cruz, 56 anos, conhecido popularmente como J. Gomes, foi assassinado a tiros, na madrugada deste domingo (31), no bairro Jardim Paulistano, em Campina Grande, Agreste paraibano.

Jota Gomes foi atingido com dois disparos sendo que um atingiu o rosto e outro o peito do artista. No momento do assassinato, ele estava se dirigindo a casa de um colega que apresentava com ele um programa na Rádio Panorâmica FM.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado mas ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. A primeira linha de investigação é que o crime pode se tratar de um latrocínio.

*MAIS PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário