19 janeiro 2018

Caraúbas=Integrantes de facção criminosa foram presos e confessaram que iriam matar um desafeto no meio da festa do padroeiro.

José Eudimar Vieira de Arruda e um adolescente foram presos com a arma de fogo e confessaram que iriam matar um desafeto do Sindicato do RN.

Polícia Militar consegue evitar uma tragédia prendendo em flagrantes dois integrantes do PCC que segundo eles mesmos, iriam assassinar um desafeto no meio da festa, do padroeiro da cidade de Caraúbas, no Oeste do Rio Grande do Norte.

Os acusados confessaram que desafeto seria integrante do Sindicato do RN. Quando foram presos, na operação comandada pelo Ten. Júlio Batista, Eudimar e Anderson estavam com um revolver municiado.

O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário