20 janeiro 2018

Homem com tornozeleira eletrônica é preso em Mossoró tentando aplicar golpe


Um homem de 61 anos foi preso em flagrante dentro de uma agência da Caixa Econômica Federal em Mossoró, ao tentar praticar estelionato e usar documentos falsos, informou a Polícia Federal. Condenado pelo mesmo crime no Ceará, ele portava uma tornozeleira eletrônica - usada para monitoramento de presos em liberdade condicional - na hora do flagrante. O caso aconteceu na quinta-feira (18).

Segundo a PF, o homem é maranhense e afirmou que trabalha como motorista em um aplicativo de transporte de passageiros. Ele foi flagrado quando procurou o banco para fazer o saque do PIS, tendo entregue uma carteira de habilitação falsa. Os funcionários do banco desconfiaram da textura do documento e confirmaram a suspeita. Ele não soube dizer os nomes dos pais, que estavam na CNH.

O homem ainda tentou deixar o banco, enquanto outros dados eram checados, mas foi contido pela segurança. A PF foi acionada e o prendeu.

Durante o interrogatório, o suspeito confessou que teria sido recrutado por um desconhecido na cidade de Fortaleza. Outra pessoa teria entregue a documentação falsificada e prometido pagamento de 30% sobre o montante que ele conseguisse sacar dos bancos de forma irregular.

Foram apreendidos R$ 953,00 em espécie, que, segundo o próprio suspeito, foram conseguidos através de um saque fraudulento em outra agência da cidade.

A PF confirmou que o suspeito possui antecedentes criminais e foi preso pelo mesmo delito no estado do Ceará. Atualmente, ele estava em liberdade condicional mediante o uso de tornozeleira eletrônica.

Após ser submetido a exame de corpo de delito, o suspeito foi encaminhado para a Cadeia Pública de Mossoró.

Fonte: G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário