05 fevereiro 2018

Cristiane Brasil se diz vítima de ‘difamação’ e pede rapidez ao STF

A deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) afirmou, em nota divulgada nesta segunda-feira, que está sofrendo uma “campanha difamatória” que busca impedir a posse dela no Ministério do Trabalho. No texto, ela diz que está sendo “julgada política e não juridicamente” e afirma que tem “a ficha limpa”.
A deputada Cristiane Brasil, em vídeo no qual fala sobre processos na Justiça trabalhistaEmpresário em vídeo de Cristiane Brasil foi alvo de ações na Justiça Trabalhista
Cristiane Brasil foi nomeada para o cargo no início de janeiro, mas foi impedida de assumir por uma série de decisões judiciais. O caso está agora no Supremo Tribunal Federal (STF), sob análise da presidente da corte, ministra Cármen Lúcia.
Agora, a parlamentar pede que Cármen “ julgue o mais rápido possível essa questão”, para que ela possa seguir com a sua vida, “seja como ministra ou deputada federal”.
“Seguirei não poupando esforços para provar que não cometi nenhuma ilicitude”, diz o texto.
Confira a nota de Cristiane Brasil na íntegra:
“Venho sofrendo uma campanha difamatória que busca impedir minha posse no Ministério do Trabalho. Peço, respeitosamente, à ministra Cármen Lúcia que julgue o mais rápido possível essa questão, baseada na existência de duas ações trabalhistas que tive no passado. Não devo mais nada à Justiça Trabalhista. Estou sendo julgada política e não juridicamente. Tenho a ficha limpa. Mas, infelizmente, o meu julgamento superou essa esfera. Preciso que o STF decida essa questão, para que eu possa seguir minha vida, seja como ministra ou deputada federal. Seguirei não poupando esforços para provar que não cometi nenhuma ilicitude.”
 
O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário