02 fevereiro 2018

Homicídios Violência não para de produzir recordes no Rio Grande do Norte

É lugar-comum atestar que a violência no Rio Grande do Norte não para de crescer e bater recordes.
Mas é isso mesmo o que os números provam.
Números revelam que violência segue sem qualquer arrefecimento no estado (Foto: reprodução)
Em um de seus programas jornalísticos, a Inter TV Cabugi mostrou esta semana os números de homicídios no estado no mês de janeiro deste ano, em comparativo com igual período de 2015, 2016 e 2017.
Em janeiro deste ano, o total de homicídios no estado chegou a 210. É menor do que ano passado (212), mas há um dado interessante a ser analisado.
Em 2017, houve a rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, quando morreram 26 detentos e ainda existem vários desaparecidos. Estima-se que pelo menos mais 16 foram mortos (ou fugiram). Governo não sabe o destino deles.
Ao todo, no ano passado houve registro de 2.405 homicídios no estado. Em 2016 tinham sido 1.995.
Só em Natal foram 622 em 2017; em Mossoró, 249.

Nenhum comentário:

Postar um comentário